Quem apoiou a primeira iniciativa

Reabriu-se, depois de alguns anos, a discussão de cotas na Universidade Federal do Rio de Janeiro, uma das poucas universidades no país que ainda não as instituiu.  Na reunião do Conselho Universitário de 11 de março de 2010,  o professor Marcelo Paixão, do Instituto de Economia, apresentou uma proposta de resolução do Conselho Universitário a favor de cotas no vestibular de 2010, que já passou pelas comissões do CONSUNI.

Este blog foi criado para disponibilizar documentos e subsidiar a discussão sobre o tipo de cotas a serem adotadas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, no vestibular de 2010.

Inicialmente, para lançar a discussão, foram coletadas assinaturas de quem apoiava a iniciativa das cotas na UFRJ.  Depois de uma primeira reunião, no dia 10 de maio, e na véspera da reunião do CONSUNI em que a proposta sobre cotas está na pauta, o momento da lista já terminou e ela foi fechada.

As assinaturas de apoio às cotas nessa etapa inicial, estão contidas neste documento:  A favor de cotas na UFRJ – até 12 de maio

Eduardo Viveiros de Castro

MN

Cris Miranda

CAP

Denilson Lopes

ECO


Flavio Gomes

IFCS

Giuseppe Cocco

ESS

Heloisa Buarque de Hollanda

ECO/FCC

Ivana Bentes

ECO

Laura Tavares

Pró-Reitora

Leonardo Fuks

EM

Ligia Bahia

IESC

Liv Sovik

ECO

Marcelo de Paixão

IM

Marcio Goldman

MN

Olívia Gomes da Cunha

MN

Otavio Velho

MN

Ronir Raggio Luiz

IESC

Samuel Araújo

EM

Suzy dos Santos

ECO

Tatiana Roque

IM

Anúncios

10 Respostas to “Quem apoiou a primeira iniciativa”

  1. Sandra Martins Says:

    Que bons ventos trazem a discussão. Isso é formidável. Certamente, daqui a alguns anos aqueles que hoje tem dificuldades de entendimento com as Ações Afirmativas, verificarão que perderam tempo ante a gama de produção de conhecimentos com visões ampliadas que terão.
    Pena que enquanto isso milhares de possibilidades positivas de engrandecimento e empoderamento da sociedade como um todo se perderão.
    Faço votos que o debate se estabeleça em bom e alto nível, com a visibilidade dos variados lados de forma equilibrada.
    Minhas Cordiais Saudações
    Sandra Martins
    Membro da Cojira-Rio/SJPMRJ

  2. Flavio Gomes Says:

    Cidadania plena e políticas públicas !

  3. aldeiagriot Says:

    Muito importante realmente a volta desse debate nessa universidade federal considerada uma das maiores e melhores do país.

    Tomarei liberdade de repostar está notícia no blog aldeiagriot.

    Muito Axé e militância sempre.

  4. Daniel - UNE Says:

    É o início da construção de uma verdadeira democracia no Brasil!

  5. Diego Soares da Silva Says:

    Eu apoio.

  6. Diego Soares da Silva Says:

    Estudante e diretor de comunicação do DCE IFCE.

  7. Luanda Lima Says:

    Eu apoio!!!

  8. Rafael Moura Says:

    Eu apoio!!

  9. Clarisse Goulart - UEE-MG Says:

    Espero com ansiedade mais esse avanço!!

    Que as universidades públicas sejam, de fato, pensadas para o povo e pelo povo. Chega do debate conservador e elitista, em que a questão racial não pode ser posta em discussão.

    Se a universidade torna-se negra, ela torna-se também democrática, também rica e representativa, enfim cumpre sua função de abarcar aqueles que já deveriam estar lá a muito tempo.

  10. Rafael Broz Says:

    Eu apoio! Vamos democratizar as universidades brasileiras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: